Store4Dj

0 item(s) - 0,00€

O seu Cesto de Compras está vazio!

Arturia Minibrute 2

Marcas
 
Relacionados
Novation Bass Station II
506,46€ 439,00€
Arturia MicroBrute
299,00€ 285,00€
Novation Circuit
349,00€ 269,00€

Arturia Minibrute 2
Arturia Minibrute 2 Arturia Minibrute 2
699,00€649,00€
Iva incluído à taxa legal em vigor
Fabricantes: Arturia
Código do produto: Arturia Minibrute 2
Disponibilidade: Em Stock

O filtro é o distinto Steiner-Parker que já conhecemos e que torna todos os Brutos tão únicos e aqui não falta caracter (o que é um completo eufemismo ;)  ). É aqui que as possibilidades de modelação são mais obvias pois podemos controlar a direcção e intensidade. Já nos envelopes temos o tradicional ADSR e um segundo envelope mais dedicado a percussões e outros truques visto que só dispomos de Ataque e Decay, mas temos opções adicionais como por exemplo seleccionar um envelope em modo gate (on / off basicamente) ou trigger, e ainda disparar uma só vez ou correr em loop que permite todo o tipo de truques como automatizações ciclicas, FM, etc...A Arturia parece continuar mestra em ler tendências, criar tendências e adivinhar produtos que não sabemos que queríamos e precisávamos até os vermos! Não há qualquer dúvida que se há sintetizador que relançou a febre dos sintetizadores Analógicos, de custo acessível mas de GRANDE som, esse sintetizador foi o MiniBrute! Muitos foram o que vaticinaram de completa loucura quando a Arturia apresentou ao mundo um analógico, sem presets, sem efeitos e monofónico, mundo que parecia em uníssono acreditar que o software era o futuro inquestionável.
Aqui está o seu natural seguimento!
Arturia MiniBrute 2!

Á primeira vista parece um MiniBrute 1 com um painel lateral de ligações que naturalmente nos faz logo deduzir que estamos na presença de um semi-modular! Por outro lado a parte inferior deixa logo adivinhar um sequênciador por passos (tal como o microbrute) e arpeggiador! Pensem num cruzamento entre um MiniBrute um Keystep. Mas agora com 2 Osciladores e 2 LFOs (e o OSC 2 pode ainda funcionar numa gama de LFO adicionalmente) e já agora as entradas Audio (no patch bay), sim agora são 2, uma como no anterior Minibrute e uma segunda que vai directo ao master sem passar pelo filtro.

O Sucessor espiritual do Minibrute que trouxe a síntese analógica para as massas promove agora a ligação ao gigantesco mundo dos modulares, mas sem perder o caracter e marcas tão únicas do seu som analógico, capacidades de dar forma ao mesmo e que definiram o que é já um legado!

Mas vamos então a uma análise mais próxima, começamos pelos 2 Osciladores "Brute" e não apenas um, ainda que estejamos perante um monofónico (nem sequer parafónico). Já agora fica também estabelecido que todas as funções escritas a azul, por baixo das principais a branco, são as ligações ou caminhos existentes por defeito se não introduzir-mos nenhum cabo no Patch Bay e que as altere claro.
O OSC1 é muito semelhante ao que já conhecemos do MB1 com Glide e a adição de FM (Modelação da Frequência), já o OSC 2 é mais simples no sentido em que não podemos esculpir as diferentes ondas disponíveis (Sinosóidal, Serra e quadrada), ainda assim pode funcionar numa gama de frequências muito baixa (LFO), normal tal como o osc 1 (all) ou numa gama mais curta. Já na mixer temos as 3 ondas do OSC1, Ruído Branco, entrada de som Externo e OSC 2 (neste caso só temos um tipo de onda seleccionada no mesmo), por exemplo sabemos que o Ultrasaw Amount é controlado pelo LFO2 e que o Metalizer é controlado pela velocity.
 

Mas não se deixem intimidar pois é perfeitamente possível operar este novo Brute sem ter de entender "patavina" de modelares, daí ser um Semi-Modelar, á medida que formos ganhando confiança podemos ir entrando nas modelações e eventualmente adicionar uns módulos etc...!!

É aqui que reside muita da magia deste novo MiniBrute 2, no PatchBay (48 pontos no total), não só a capacidade de fazer modelações e redireccionamentos mas porque o transforma no coração de um qualquer sistema Modular, convém não esquecer que para além da interacção sonora do Minibrute 2 para outros sintetizadores ou o inverso, podemos usar as suas extensas capacidades como teclado de 25 teclas agora com aftertouch incluído, arpeggiador e sequênciador.
Todas a funcões com o rectângulo a branco a circundar a descrição da mesma a preta são saídas já quando a legendagem está simplemente a branco são entradas (parâmetros que queremos modelar).

Depois de um painel de Patch tão detalhado a traseira pareçe bem espartana no entanto temos as essências saída principal e de auscultadores os inevitáveis MIDI IN e OUT e USB. E o USB continua a ser essencialmente para comunicação MIDI e Clock, não há audio.

No teclado para além do referido temos básicamente o mecanismo do Keystep com as sua funcionalidades de sequenciação, e arpeggiação. Convém não esqueçer que este teclado é semelhante ao do MatrixBrute, ou seja com velocity e aftertouch. Já aqui na zona do teclado todas as sublegendas em azul são funções que activamos recorrendo ao botão de Shift.

 

E um Review:
 

E um outro só sobre o Patchbay!

Fazer uma pergunta ou comentário

Nome:


Pergunta | Comentário: Obs: HTML não é suportado!

Avaliação: Mau           Bom

Digite o código na caixa de texto:



Promoções